Bolsonaro retorna ao Planalto após reclusão e motivo revolta

novembro 25, 2022 0 Por Editor

Bolsonaro que foi derrotado nas urnas em 30 de outubro, vinha adotando o silêncio e a ausência nas atividades de trabalho.

O chefe do poder executivo, Jair Bolsonaro (PL) retornou ao Palácio do Planalto nesta última quarta-feira, 23, após mais de duas semanas de reclusão no Palácio da Alvorada, residência oficial do chefe do Planalto. Bolsonaro esteve no Palácio do Planalto no último dia 3 de novembro, para um encontro com o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB).

SIGA-NOS 

Antes disso, o presidente havia ido ao local de trabalho para uma reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, no último dia 31 de outubro. A ausência acontece após o presidente perder as eleições contra o petista Luiz Inácio Lula da Silva (PT), eleito no segundo turno das eleições presidenciais no último dia 30 de outubro. Desde então, Bolsonaro preferiu o silêncio e fez apenas dois pronunciamentos depois da vitória de Lula.

Como todos sabem, a não reeleição provocou uma série de manifestações de punho golpista realizada por apoiadores do presidente em todo o Brasil. Em Fortaleza, inclusive, manifestantes ainda se concentram em frente ao Comando da 10ª Região Militar, em Fortaleza.

O candidato à vice-Presidência na chapa de Bolsonaro, Walter Braga Netto (PL), e o vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos), no entanto, alegam que a reclusão de Bolsonaro é muito em função ao diagnóstico de erisipela, uma infecção na perna. A debilidade tem impedido Bolsonaro de realizar alguns compromissos oficiais.

A volta do presidente ocorre um dia após o PL apresentar uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para solicitar a anulação dos votos de parte das urnas nas eleições. O partido ainda defendeu ter identificado “desconformidades irreparáveis de mau funcionamento” em cinco modelos urnas. Por outro lado, o TSE nega qualquer irregularidade e presidente da Corte, Alexandre de Moraes, deu 24 horas para que o PL inclua no pedido os dois turnos das eleições.

 

VIDENTE REVELA VERDADE SOBRE FUTURO DE BOLSONARO ‘VIRAR A MESA’

 

No dia 30 de outubro, o Brasil foi às urnas para escolher Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como o mais novo presidente do Brasil, com o petista derrotando Jair Messias Bolsonaro (PL) após receber 2,1 de votos a mais dos eleitores.

Após o resultado das eleições, inúmeras polêmicas envolvendo o atual presidente vieram à tona, com alguns portais de notícia apontando um possível conflito entre Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle. De acordo com alguns internautas, os dois não estavam mais se seguindo no Instagram e rapidamente, rumores envolvendo um possível término de relacionamento ganharam notoriedade nas redes sociais.

Diante de todo o burburinho, Michelle Bolsonaro decidiu ir até seu perfil oficial nas redes sociais para se justificar a respeito do fato, afirmando que ela e Bolsonaro continuavam juntos.

Apesar das falas da primeira-dama, uma nova notícia vem chamando a atenção dos internautas e, de acordo com a astrologia, o atual presidente vem passando por períodos conturbados em sua vida.

Segundo os relatos da astróloga Sara Koimbra, através do uso da clarividência, pôde ser evidenciado que Michelle e Bolsonaro poderão se separar ainda no ano de 2022. Ela ainda afirma que havia percebido o fato há aproximadamente dez dias atrás, quando estava realizando uma análise dos mapas astrais de Lula e Bolsonaro, usando como base o eclipse 25, que se encontrava em Escorpião.

Tal movimento, de acordo com as informações, é responsável por desconexões entre famosos, conseguindo explicar parte importante do mapa de Bolsonaro. Ela afirma que o eclipse havia beneficiado Lula, uma vez que o ex-presidente possui o Sol em Escorpião. Tal eclipse, por sua vez, acabou caindo na quinta casa de Bolsonaro, que está relacionado ao romance, amor, lazer, entre outras coisas.

A astróloga ainda afirma que o eclipse é capaz de trazer diversas mudanças, mostrando o que está escondida e trazendo a verdade absoluta. Segundo ela, as relações envolvendo a família de Bolsonaro, neste momento, podem estar em risco, com o eclipse em Escorpião possuindo a capacidade de mudar a vida amorosa do presidente.

Outra previsão…

 

Guilherme de Pádua veio a óbito na noite do último dia 6 novembro, na capital de Minas Gerais, em decorrência de um infarto fulminante. Há quase duas semanas de seu falecimento, a médium Monica Buonfiglio compartilhou um vídeo inesperado falando sobre como está o ex-ator no plano espiritual. Vale ressaltar que as revelações não são nadas boas. Confira a matéria abaixo:

Em vida, Guilherme foi condenado pelo assassinato da atriz Daniella Perez. A espiritualista já havia falado há algum tempo que viu o ex-ator tendo problemas com a morte. “O mapa dele atestava a morte dele”, disparou.

Em seguida, Glória Perez, autora das novelas da emissora Globo disse que a Justiça humana poderia até falhar, todavia a divina nunca. Inclusive, ela mencionou a forma estranha que um pastor falou sobre a morte do criminoso, afirmando que ele não era um monstro na oportunidade.

 

“As apunhaladas que ele deu, ele também está tomando no plano espiritual. O espirita acredita que ele está em um umbral, mas para mim ele está mesmo no inferno ou no que se chama de mundo inferior”, entregou Monica.

Guilherme de Pádua tinha medo de ser preso novamente antes de morrer

 

Ainda segundo com a médium, Guilherme de Pádua estaria com muito medo de ser preso novamente. Em seguida a religiosa disse ainda que a situação de Guilherme de Pádua no plano espiritual não está nada bem e na visão dela, para sempre será assim. “consequências do que plantou em vida“.

Monica Buonfiglio ressaltou que os aspectos do morto são todos infernais. Inclusive, entregou que ele não iria conseguir fazer contato com a família aqui. Minutos depois, ela contou também que o coração do ex-ator seria entregue para uma entidade ruim e que na eternidade deverá pagar por tudo que fez.

Confira o vídeo abaixo:

 

Sob pressão de fiéis de sua congregação, Guilherme de Pádua choca e grava vídeo com mensagem para Gloria Perez

Condenado pelo assassinato de Daniella Perez, o agora pastor Guilherme de Pádua fez um forte desabafo nas redes sociais nesta última terça-feira (2). Ele foi pressionado pelos membros de sua igreja a pedir perdão.

Sempre disse que o meu maior sonho era poder pedir perdão“, declarou o líder religioso.

De acordo com ele, muitos não acreditam que ele verdadeiramente se arrependeu do assassinato. Desse modo, ele decidiu gravar publicamente um pedido de desculpa para Gloria Perez, mãe da atriz que foi brutalmente morta.

“Mas talvez eu nunca vá ter uma oportunidade real de pedir perdão. Por isso Glória Perez, eu te peço perdão, por todo sofrimento que eu te causei. Eu jamais esqueci daquele encontro na carceragem. Nunca esqueci. Raul Gazolla, eu te peço perdão. Eu nunca esqueci do dia que eu fui chamado na delegacia, você estava lá e se arrastou até a mim. Me abraçou chorando. E ali eu vi que eu era a pior pessoa do mundo“, disse ele.

“Nunca na minha vida eu senti algo igual eu senti naquele momento. Nunca. Eu peço perdão aos familiares, aos amigos, a todos que se envolveram com essa história, que se entristeceram, que se revoltaram. Eu sei que esse pedido de perdão talvez não vá significar nada, mas eu quero deixar registrado“, destacou.

ABSURDO!

Depois de novos episódios de Pacto Brutal serem publicados, outros casos excêntricos a respeito do ex-ator Guilherme de Pádua vieram a público. Dessa vez, foi revelado que o assassino da atriz Daniella Perez já chegou a cortar um ator com um canivete durante uma cena de morte no teatro.

JeansMarcus Montenegro, produtor da peça Blue Montenegro cedeu uma entrevista ao documentário da HBO Max e entregou o episódio em questão.

Confira o vídeo na íntegra:

Compartilhe isso:

TV MRNews Não perca também: