Agência Minas Gerais | Governo promove dinâmica entre setores da sociedade para conscientização sobre mudanças climáticas

junho 9, 2024 0 Por Editor

Para celebrar a Semana do Meio Ambiente, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) organizou, nessa quinta-feira (6/6), uma oficina para conscientizar diferentes setores da sociedade sobre as mudanças climáticas que assolam o mundo. Trata-se do Mural do Clima, que é baseada na inteligência coletiva.

Dezenas de representantes dos setores público e privado, além de estudantes, se inscreveram e participaram da oficina, realizada no Centro Universitário UNA, campus Aimorés, em Belo Horizonte. O objetivo dos trabalhos não é apenas alinhar os conhecimentos técnicos relacionados à questão do aquecimento global, mas, também, de tratar sobre o que cada um pode fazer para contribuir para a redução do aquecimento global, como a diminuição da produção de resíduos e uso do transporte coletivo.

Para isso, foi realizada uma dinâmica específica com cards, que proporcionou a interação entre os participantes, por meio de uma abordagem construtiva, para que todos se familiarizassem com o tema das mudanças climáticas.

“Esse Mural do Clima é uma oficina baseada na inteligência coletiva para conscientizar o público sobre as causas e consequências das mudanças climáticas”, afirma Bárbara Crepet, bolsista selecionada pelo governo da França para apoiar Minas na construção da agenda e de ações climáticas mineiras locais.

A primeira edição do Mural do Clima em Minas foi realizada em fevereiro deste ano, na Cidade Administrativa, sede do governo estadual. Na ocasião, servidores da Semad, como as equipes da Fiscalização, Educação Ambiental e Fauna Doméstica participaram da dinâmica.

O workshop também contou representantes de outras pastas, como a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), a Secretaria de Estado da Educação (SEE) e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra).

Parceria com a França

O Governo de Minas vem intensificando, nos últimos anos, o desenvolvimento de ações referentes à agenda climática e conta com parceiros nacionais e internacionais para esse trabalho. Na última terça-feira (4/6), por exemplo, foi assinado um Memorando de Entendimento com a Embaixada da França no Brasil para colaboração mútua, visando à neutralidade de emissões líquidas de gases de efeito estufa (GEE), à adaptação e à resiliência do território mineiro frente às mudanças climáticas.

Ainda durante a cerimônia, ocorreu a atualização de outra ferramenta importante na agenda climática de Minas, que também foi implementada em parceria com a França: o Índice Mineiro de Vulnerabilidade Climática (IMVC). A ferramenta calcula o grau de suscetibilidade aos efeitos adversos do clima, e serve de apoio aos municípios para o desenvolvimento de ações de baixo carbono e de adaptação territorial.

Essas ações visam ampliar a capacidade do Estado em lidar com os desafios climáticos e promover a sustentabilidade ambiental municipal, dentre as quais as oficinas Clima na Prática e Mural do Clima, a atualização do IMVC e o desenvolvimento de um curso online para capacitação de gestores públicos municipais na agenda climática.