Agência Minas Gerais | Municípios mineiros trocam experiências de promoção à saúde

junho 14, 2024 0 Por

Dar visibilidade às experiências bem-sucedidas realizadas pelos municípios e aprimorar o Sistema Único de Saúde (SUS) foram os principais objetivos da 1ª Mostra de Experiências em Promoção da Saúde, Práticas Integrativas e Complementares, Controle do Tabagismo e Políticas de Equidade no SUS-MG, realizada nesta quinta-feira (13/6), em Belo Horizonte. Fruto de parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Minas Gerais (Cosems-MG) e a Escola de Saúde Pública de Minas Gerais (ESP-MG), o evento reuniu municípios de norte a sul do estado.

“A política de promoção à saúde, como um todo, está nos orgulhando muito e ter um espaço como esse é essencial, porque quando temos orgulho de uma coisa, precisamos mostrar pra todo mundo, até para criar um ciclo virtuoso, e puxar mais gente para ajudar a melhorar”, declarou a secretária de Estado Adjunta de Saúde da SES-MG, Poliana Cardoso Lopes, durante a abertura da Mostra.

“Se uma ação está dando certo em um município, pode dar certo em outro e poupar tempo. Por isso, esses momentos são importantes, para que as ações não passem despercebidas. Se investirmos, cada vez mais, na atenção primária, vamos economizar e aprimorar o Sistema Único de Saúde mineiro”, destacou ela.

Os municípios se inscreveram entre janeiro e março de 2024 e as experiências compartilhadas durante o evento foram selecionadas por meio de pontuação, que considerou critérios como relevância, inovação, metodologia, articulação intra ou intersetorial, resultados obtidos, entre outros. Esse compartilhamento contribui para o aprimoramento das ações que estejam em conformidade com as diretrizes estabelecidas na Política Estadual de Promoção da Saúde (Poeps-MG).

O presidente do Cosems-MG, Edvaldo Farias Filho, ressaltou que Minas Gerais é um dos estados que mais valorizam práticas integrativas como formas de atender às necessidades dos cidadãos.

“O cuidado com a saúde nasce na atenção básica e as práticas integrativas que estão sendo realizadas em todo o estado vêm para ajudar e complementar o SUS”, salientou. “Sou gestor de um município com cerca de 4.200 habitantes e, quando incluímos o combate ao tabagismo na atenção primária, começamos a ver os resultados, principalmente no número de vidas que foram salvas”, comentou.

Camila Helen, superintendente de Atenção Primária da SES-MG, pontuou que há muitas ações sendo trabalhadas pelos municípios e que precisam ser divulgadas. 

“Eventos como esse ajudam a dar visibilidade aos trabalhos que estão sendo desenvolvidos na atenção primária dos municípios, e não só ao trabalho que é feito na SES. Assim, eles podem servir de exemplo àqueles que ainda estão com dificuldades para executar as práticas. A equipe da Diretoria de Promoção à Saúde trabalhou bastante para que esse evento acontecesse e não podemos correr o risco de deixar essas ações ficarem invisíveis”, disse.

Segundo Fernanda Jorge Maciel, Analista de Educação e Pesquisa em Saúde da ESP, é importante valorizar a produção do conhecimento e estar aberto a transformações para aprimorar. 

“Trabalhamos a partir da educação permanente em saúde, que é problematizar o trabalho e pensar transformações. A ESP tem uma parceria muito profícua com a SES, especialmente com a Diretoria de Promoção e Equidades, e, espero, que a gente possa continuar com parcerias assim e que elas se reproduzam cada vez mais”, declarou. 

Troca de experiências

Cinco temas foram selecionados para nortear as discussões ao longo do dia. Pela manhã, houve a abertura do evento, com uma apresentação cultural e foram abordados os painéis Gestão e planejamento da promoção à saúde – O processo de organização da Promoção da Saúde no município, com a apresentação da experiência Gestão Integrada da Promoção à Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde de Pedra Azul, e Alimentação saudável e adequada e/ou atividade física, com a apresentação do Grupo Infância Saudável: educação alimentar e nutricional, com os alunos do Serviço Assistencial Quita Guimarães Tolentino, do município de Cláudio. 

À tarde, os três painéis abordados foram Práticas Integrativas e Complementares, com a apresentação de Lian Gong em 18 terapias, como ação relevante na promoção à saúde, Políticas de promoção da equidade em saúde, com a estratégia Sede Ativa: promoção do bem-estar no congado e Programas intersetoriais de promoção da saúde e/ou controle do tabagismo, com a apresentação da experiência Educação em Saúde na Escola. 

Participaram do evento referências técnicas das Unidades Regionais de Saúde, servidores da SES-MG, representantes da ESP-MG, Cosems-MG e dos municípios que apresentaram as experiências aprovadas. 

De acordo com a referência técnica da Diretoria de Promoção à Saúde e Políticas de Equidade da SES-MG, Luísa Silveira, a expectativa é que as experiências apresentadas inspirem a construção de estratégias semelhantes em todo o território mineiro. 

“Compartilhar as ações que estão sendo feitas é de extrema importância. Assim podemos fortalecer a implementação da promoção à saúde, que é fundamental para melhorar a qualidade de vida e de saúde da população, reduzir barreiras de acesso e garantir a construção de um cuidado que seja integral e diverso, bem como os usuários do SUS”, enfatizou.

As experiências apresentadas no evento serão publicadas ao longo deste ano em www.saude.mg.gov.br/vidasaudável.