Família de Luiz Gonzaga diz não ter sido consultada sobre adaptação de Juliette de ‘Pagode Russo’

junho 22, 2024 Off Por Editor

Juliette Freire. Foto: André Nicolau/Reprodução/Twitter. Juliette Freire. Foto: André Nicolau/Reprodução/Twitter

Daniel Gonzaga, neto de Luiz Gonzaga, contradisse a afirmação feita pela cantora Juliette em entrevista sobre a sua nova música ‘Vem Galopar’, adaptação do clássico ‘Pagode Russo’, de Luiz Gonzaga, ter sido autorizada pela família do compositor.

Em um vídeo publicado no Instagram neste sábado (22), Daniel Gonzaga revelou que a família não havia sido consultada a respeito da adaptação em nenhum momento. “Ninguém da minha família autorizou nada”, disse ele.

Ainda no mesmo vídeo, o músico disse que os direitos sobre ‘Pagode Russo’ são de propriedade da Universal Music, empresa que também administra os lançamentos de Juliette.

VEJA TAMBÉM:

A música ‘Vem Galopar’ é uma adaptação de ‘Pagode Russo’, composição de Luiz Gonzaga e João Silva e integra o novo álbum da cantora, intitulado de ‘São JUão’, que foi lançado no dia 14 de junho. O álbum conta com músicas inéditas e regravações de clássicos que marcam presença nas playlists de São João.

Logo após o lançamento de ‘Vem Galopar’, Juliette publicou um vídeo no Instagram respondendo a chuva de críticas das pessoas que a acusaram de “estragar” o clássico junino.

Polêmica da adaptação de ‘Pagode Russo’

Depois da repercussão causada pelas declarações de Daniel Gonzaga, a assessoria de imprensa de Juliette divulgou um comunicado afirmando que a autorização para a adaptação da música foi feita com intermediação da editora pertencente à Universal Publishing, que é responsável pela administração e proteção dos direitos autorais das obras de seus artistas.

“A assessoria de Juliette informa que a cantora, que respeita, exalta e difunde a obra de Luiz Gonzaga e João Silva, solicitou à Universal Publishing (editora) que as famílias de Gonzaga e [o também compositor de ‘Pagode Russo’, João Silva] autorizassem o lançamento da música, independentemente se a editora fosse detentora dos direitos”, afirma a nota.

“A Publishing garantiu a Juliette que a família de Luiz Gonzaga e João Silva havia autorizado o lançamento da música, não havendo qualquer restrição quanto a isso. A editora também afirmou à cantora que familiares ouviram o resultado e que gostaram da versão. Juliette afirma que não é ela a responsável pelos trâmites legais que envolvem a liberação de fonogramas”, declarou a assessoria.