Prefeitura realiza ações permanentes para garantir uma cidade mais segura – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

junho 7, 2024 0 Por Editor

O programa BRT Seguro já realizou 3.400 prisões, desde que foi implantado, em 2021 – Rafael Catarcione/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio tem feito ações para ajudar no trabalho de segurança pública. Somente o programa BRT Seguro já realizou cerca de 3.400 prisões por roubo, furto, vandalismo, desacato e importunação sexual, desde que foi implantado há três anos. A Secretaria de Ordem Pública (Seop) faz também constantes operações em ferros-velhos pra apreender cobre provenientes de furto e roubo. Outra medida que trouxe uma maior sensação de segurança para os cariocas foi o programa Luz Maravilha, que prevê a instalação de cerca de 540 mil novas luminárias de LED na cidade.

Ferro-velho

A Secretaria de Ordem Pública é responsável pela fiscalização dos ferros-velhos em todo o município do Rio de Janeiro. Desde 2021, a Seop já apreendeu 116 toneladas de fios e cobres e interditou 119 estabelecimentos por funcionamento irregular. Numa das operações recentes, no final de maio, foi apreendida cerca de uma tonelada de cobre em ferros-velhos na Zona Oeste. Na fiscalização de um estabelecimento em Bangu, aproximadamente meia tonelada foi retida. O material encontrado não tinha procedência comprovada, e o responsável pelo estabelecimento foi conduzido para prestar esclarecimentos na delegacia. Além disso, os agentes apreenderam 275 celulares e carcaças de aparelhos telefônicos. O ferro-velho foi interditado pela equipe da Seop.

Cati

A Seop realiza diariamente ações de ordenamento e acolhimento às pessoas em situação de rua na cidade do Rio de Janeiro. Desde que as ações foram iniciadas, em julho de 2022, foram realizadas 5.962 apreensões de facas e perfurocortantes, 41 réplicas de arma de fogo, 3.640 materiais para uso de entorpecentes e 2.676 materiais diversos.  As operações, que são diurnas e noturnas, visam o ordenamento das vias públicas e a segurança da população, em áreas com a presença de usuários de drogas, e com o apoio de agentes da Secretaria de Assistência Social.

Acari

Desde o dia 28 de janeiro, a Secretaria de Ordem Pública e a Guarda Municipal têm ocupado todos os domingos o Calçadão de Acari para impedir a montagem da feira no local. A feira foi proibida por um decreto, baseado no relatório de inteligência produzido pela Seop, em que ficaram comprovadas diversas irregularidades, como comercialização de material oriundo de roubos de cargas, contrabando e sem procedência comprovada, além da ocupação irregular de área pública.

Uruguaiana

Em abril deste ano, a Seop e a Guarda Municipal ocuparam a Rua Uruguaiana com o objetivo de ordenar e garantir a aplicação das regras estabelecidas para o comércio ambulante e o uso de área pública. Ao longo de duas semanas, a Seop mapeou a região e concedeu 75 novas licenças a ambulantes. Eles foram assentados no trecho entre as ruas Buenos Aires e Carioca e todos receberam equipamentos novos e padronizados da Prefeitura do Rio. Não será permitido a permanência de nenhum comerciante ambulante nas adjacências do Camelódromo da Uruguaiana.

Ronda Maria da Penha

A Ronda Maria da Penha já registrou, em três anos de operação (março de 2021 a 6 de junho de 2024), 84 prisões, a maioria por descumprimento de medida protetiva. Ao longo desse período, também foram registradas mais de 41 mil ações de acolhimento a vítimas de diversos tipos de violência doméstica e 6.044 mulheres já foram assistidas pelas equipes da GM-Rio.

BRT Seguro

Três anos após a sua criação, em junho de 2021, o programa BRT Seguro, coordenado pela Secretaria de Ordem Pública, já realizou cerca de 3.400 prisões por roubo, furto, vandalismo, desacato e importunação sexual. As ações de patrulhamento e fiscalização, somadas às melhorias do sistema BRT, acarretaram em uma redução de 90% dos gastos da Mobi-Rio com reparo causados pelas ocorrências de vandalismo.

Além de atuar para garantir a segurança dos passageiros e combater o dano às estações, as equipes também são responsáveis por coibir os calotes em todo o sistema. Nessas ações já foram aplicadas 17.800 multas por evasão. As 140 estações do sistema BRT e os 12 terminais são monitoradas 24 horas pelas 2.100 câmeras da Mobi-Rio. A qualquer indício de atividade suspeita ou fora do padrão, os agentes do BRT Seguro são acionados para verificar a ocorrência.

Os agentes também fazem fiscalização em veículos que transitam irregularmente na pista exclusiva do BRT. Nessas operações já foram registradas mais de 7.300 autuações. Em parceria com o Centro de Controle Operacional da Mobi-Rio, os agentes realizam patrulhamento em viaturas, nas estações e embarcados nas composições e também fazem operações de ordenamento urbano nas estações e ações para coibir pessoas em situação de rua nos terminais.

Programa Luz Maravilha

O Programa Luz Maravilha, fruto de uma Parceria Público Privada (PPP) firmada pela Prefeitura do Rio, fez a instalação de 457 mil luminárias de LED na cidade, como previa inicialmente o projeto elaborado com a concessionária Smart Luz. Mas foram identificados outros 80 mil pontos de luz novos, que já estão sendo modernizados. Por conta dessa atualização, foi realizado, recentemente, um reequilíbrio de contrato e incluídos esses pontos excedentes. A parceria prevê o investimento de R$ 1,4 bilhão na modernização da iluminação da cidade.

A substituição das antigas lâmpadas de vapor de sódio pela RioLuz por luminárias de LED, mais claras e eficientes, trazem mais segurança às ruas e melhoram a qualidade da ambiência urbana, destacando ainda mais as belezas do Rio. Além disso, a troca representou uma economia aos cofres públicos estimada em R$ 100 milhões em 2022, já que o LED precisa de bem menos energia para iluminar.

As primeiras lâmpadas de LED foram instaladas em locais obedecendo a critérios como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), a mancha criminal, o índice de apagamentos e as regiões de maior vulnerabilidade social. Por esses motivos, o Luz Maravilha foi iniciado na Zona Oeste, em áreas como Muzema, Jardim Clarice, Camorim e Curicica.

O Complexo do Alemão, na Zona da Leopoldina, foi beneficiado com a modernização de 5.283 pontos de luz. Ao todo, 15 comunidades foram atendidas na região, que faz divisa com outros seis bairros da Zona Norte. O Complexo da Penha foi a segunda comunidade 100% em LED, entregue em março de 2022.

O contrato com a Smart Luz prevê ainda a substituição de postes de aço por novos de fibra, mais duráveis e resistentes a descargas elétricas. Ao todo, serão 18 mil postes de fibra espalhados por praças, ciclovias e parques. A PPP tem duração de 20 anos e dará suporte à manutenção e à operação de todos os equipamentos.

Até agora, o Programa Luz Maravilha modernizou 13 do 19 túneis previstos: Túnel Martim de Sá (Frei Caneca); Túnel Billy Blanco; Túnel Major Vaz; Túnel João Ricardo; Túnel Rebouças; Túnel Santa Bárbara; Túnel Noel Rosa; Túnel Alaor Prata (túnel velho); Túnel Zuzu Angel, Túnel Rafael Mascarenhas e Sá Freire Alvim, Túnel de São Conrado e o Túnel do Joá estão 100% em LED. O Noel Rosa, por ser alvo constante de furtos de cabos, recebeu um projeto especial de iluminação com a blindagem da rede e a instalação de projetores no meio da pista para dificultar a ação dos criminosos.

Importantes vias da cidade também estão com a nova iluminação, como a Linha Vermelha, que recebeu ainda um projeto antifurto nas caixas de passagem de fios e a substituição de 8 mil metros de cobre por alumínio, com menor valor comercial, na tentativa de coibir os furtos.

A Avenida Dom Hélder Câmara, que corta mais de dez bairros da Zona Norte, e a Autoestrada Lagoa-Barra, em São Conrado, também estão completamente modernizadas, assim como as avenidas Presidente Vargas, no Centro; Ayrton Senna e das Américas, na Barra da Tijuca, e Santa Cruz, em Realengo. A Estrada do Pau Ferro, em Jacarepaguá; as ruas Doutor Satamini e Hadock Lobo, na Grande Tijuca, e a Avenida Cesário de Melo e a Estrada do Campinho, em Campo Grande, também já foram liberadas.

Estão 100% LED também as orlas do Leme, de Copacabana, Ipanema, Leblon, Praia Vermelha, Barra da Tijuca, Recreio e Pontal. Foi inaugurada ainda a iluminação inédita no píer da Barra da Tijuca e na Ilha da Gigoia.

 

A Praia de Copacabana está 100% com as novas luminárias de LED – Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Categoria:

  • 7 de junho de 2024
  • Marcações: BRT seguro ferro-velho Luz Maravilha Ordenamento Prefeitura do Rio segurança