Cartaxo fará campanha ‘comparativa’ com Cícero, mas poderá ter dificuldade em falar sobre vice

julho 8, 2024 Off Por Editor

Luciano Cartaxo já foi prefeito de João Pessoa por dois mandatos. Luciano Cartaxo

O ex-prefeito de João Pessoa e deputado estadual Luciano Cartaxo, do PT, já delimitou quais serão as bases de sua campanha à prefeitura da Capital. Terá como premissa principal a comparação entre as ações feitas na sua gestão em 8 anos e a gestão atual, do prefeito Cícero Lucena (PP).

Para isso, trará para o embate um outro componente: o presidente Lula (PT) – como forma de potencializar o convencimento do eleitorado de que, em um terceiro mandato, as condições nacionais estariam mais favoráveis.

O ex-gestor, claro, certamenteserá questionado sobre promessas já feitas e não cumpridas, por projetos que nunca saíram do papel.

Um exemplo disso é a implantação de um BRT em João Pessoa, assegurado por ele na campanha de reeleição em 2016; assim como ações no Rio Sanhauá e na comunidade Porto do Capim.

Uma questão também continua aberta. Apesar da sinalização de que a ex-secretária do Estado Amanda Rodrigues será sua companheira de chapa, o petista ainda não bateu o martelo.

Na entrevista à Rádio CBN, Cartaxo defendeu o nome de Amanda. E, do ponto de vista técnico, a capacidade dela é inquestionável mesmo. Tem experiência em gestão pública e agregaria à chapa.

Sob o viés político, a presença dela impulsionaria a participação do ex-governador Ricardo Coutinho (PT) na disputa, mas traria também para o discurso da campanha um problema.

É que Ricardo e Amanda foram denunciados no âmbito da Operação Calvário e ainda que não existam condenações, nesses processos, a narrativa feita por adversários do petista certamente explorará o tema.

Ao ser perguntado sobre isso, inclusive, Cartaxo frisou que não há condenações, mas ao mesmo tempo passou a mirar em uma outra investigação envolvendo parentes do prefeito Cícero Lucena – a Mandare (que não possui sequer denúncia). Um verdadeiro contrassenso.

O nome de Amanda, contudo, ainda não foi confirmado na chapa pelo petista. Ele, porém, já tem um discurso pronto e vai comparar gestões.